quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Ah Lua...

Ah Lua, se eu pudesse lhe tocar
Diria o quanto  amo te ver brilhando
E te agradeceria a companhia
Pois até nas noites mas silenciosas
Ainda sim posso contar contigo.

Mesmo se a saudade me domina
Ou se a escuridão quer se fazer presente
Tu me consola com sua beleza
E jamais deixa que a tristeza 
Seja a dona da minha noite.

E eu sempre saberei comigo 
O dia em que eu não conseguir mais te ver
Que eu te procurar e não te sentir
Quando a neblina tomar forma
Não haverá mais motivos para sorrir.

O amargo de não te olhar
O medo de não ser acompanhada
A dor de saber o destino
A conformidade se iniciando
O recado já foi dado.

Me despedirei com graça
Com a saudade esperada
E com enorme gratidão
Pois la se foi a lua 
Junto a ela meu coração.

-Isabela M.                                       Criado:27/01/2016